Archive for the Snapeando Category

Sim, ele existe!

Posted in Snapeando, Visitas ao Snape with tags , , , on 03/07/2012 by Naara Andrade

Olá Snapetes de plantão, what´s up?

Desta vez eu deixarei de lado as letras musicais e os colecionáveis, por um motivo especial.

Cá estava eu navegando descompromissadamente nas internets da vida, quando me deparei com uma notícia, já velha conhecida. Sabem o professor de química da J.K. Rowling? Aquele mesmo, o “Snape da vida real”?  Pois é. Algumas de vocês já devem ter visto fotos da figura, mas sei que outras ainda não o conheciam “fotograficamente”, por assim dizer.  E também devo dizer que o professor de química John Nettleship não só inspirou o psicológico do personagem Severus Snape, como também o físico! Ele é o Snape esculpido em carrara!

John Nettleship

 

Severus Snape

Decerto que tem suas semelhanças, não acham?

Outra coisa que me chamou a atenção quando fui pesquisar mais imagens deste duas vezes enigmático professor, foi o modo como ele foi capaz de brincar consigo mesmo em algumas fotos, fazendo as poses típicas do morcegão. Em uma delas, até nos mostra um frasco suspeitíssimo, like a true Potions Master!

O que me fez pensar que talvez, ele não fosse assim tão carrancudo como a sua antiga aluna quis fazer transparecer. Afinal, os alunos mais jovens nem sempre apreciam uma boa rigidez de ensino. Mas eu penso que ela deve ter passado a respeitá-lo com o tempo, já que o transformou em um dos maiores heróis de toda a saga potteriana, no fim das contas.

Infelizmente, devo encerrar este post com uma nota triste: o “Snape da vida real” deixou este mundo em 2011, com 71 anos de idade, depois de uma longa luta contra um câncer. Deixo vocês com meu minuto de silêncio.

Fontes:  Google –  Wikipedia – http://blogs.pop.com.br/cinema/o-snape-da-vida-real/

– Você tinha de contar a todos eles – ralhou Snape.

– Eu disse para você ficar tranquilo. Sabe que nenhum muggle poderia ver esse post depois daquele feitiço que nós pusemos nele, lembra? Ninguém ficaria sabendo de sua identidade naquele mundo.

– Agora é tarde. – Severus contraiu os lábios, contrariado – Agora que me desfiz desta identidade, tenho de agir rápido. E não, não pense que a senhorita sairá desta incólume. – sentenciou, apontando um dedo acusador.

– Mas… Sev!

Anúncios

Sessão Codorna

Posted in $ Codornas $, Fanarts, Snapeando with tags , , , on 26/04/2012 by Shey

Olá Meninas, como têm passado?
Sentiram saudades? Eu também!
Nossa última sessão trouxe um colorido muito peculiar nas fanarts, aliás, eu notei que eu chamei atenção para isso praticamente em todas as sessões desde nossa estréia aqui. Então, eu fiquei imaginando… o que trazer de novo para a próxima Sessão Codorna no Caldeirão? Bem, não é realmente algo novo, mas pensei; porque não fazer o oposto? Uma Sessão Codorna totalmente Noir! O que acham? Vamos esquecer um pouco das cores e efeitos de computador e prestar mais atenção na pura arte do desenho, e claro, no Sev?

Então… Siga-me se você for maior de idade, porque esta é uma sessão para maiores de 18anos! Apontem suas varinhas para o link abaixo e digam as palavras mágicas!

Malfeito Feito!!!!!

Seminal não acabou

Posted in Fanficando, Fanfiction, Snapeando with tags , , , on 25/03/2012 by magalud

Não, não acabou! Ouçam minha risada maligna. Ainda refletiremos sobre o caráter de Severus Snape. Considerem uma prévia do livro de Rita Skeeter: “Severus Snape: Saint or Scoundrel?”

Por 6,8 livros e 7,6 filmes, Severus Snape era considerado um vilão. Byronianos fazem parte de uma espécie particular de anti-herói ou herói trágico. Lembre-se que o anti-herói não possui vocação heroica e realiza a justiça por motivos egoístas, pessoais, vingança, vaidade, por matar ou por quaisquer motivos que não sejam altruístas, ou seja, é o antônimo da ideia que se tem de herói. É diferente do herói trágico porque herói tem motivação altruística, e, quando falha, é apenas por erro de julgamento, nunca por vício e depravação. Isso é coisa de vilão. Herói é nobre. Superman é o herói mais típico.

Mas nem todos os nossos personagens são tão característicos como o Homem de Krypton. O Homem Mais Corajoso que Harry Potter Conheceu não é preto nem branco, mas o que não falta são tons de cinza, certo? Então vamos nos referir apenas a personagens trágicos. Continue lendo

Seminal 3: vamos ser práticos?

Posted in Fanficando, Snapeando with tags , , , on 18/03/2012 by magalud

Snape supervisiona alunos

Prometi semana passada uma checklist sobre as características de herói byroniano. Desta forma, você nunca mais vai se confundir quando estiver diante de um herói sofredor. Percebam que ele é um herói, ainda que às avessas.

Vamos ver juntas se Severus Snape mantém a tradição desse tipo de personagem. Oh, se alguém se interessou, pode pesquisar mais na infame e controversa Wikipedia. Não é fonte oficial de informação, pois não sei de quem copiaram, mas que é interessante, isso é. Continue lendo

Seminal 2

Posted in Snapeando with tags , , on 11/03/2012 by magalud

Nem eu acredito, mas é a continuação de um post chamado Seminal 1, que tem mais de um ano. Sim, isso mesmo. E vou continuar o assunto: o enigma de Snape à luz de Byron. E de onde vem o título “Seminal”? Bom, quem foi ao dicionário deve ter verificado que a palavra seminal vem de sêmen ou semente, e quer dizer “aquilo que deve ser semeado”. Por metáfora, segundo o “Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa”, seminal é usado para descrever tudo aquilo estimula novas criações, que traz novas ideias, gerador de novas obras; inspirador. Assim, tipo um Sev.

O que nos leva de volta ao assunto principal do blog. Na última vez que mencionei o assunto, ao tentar desvendar o enigma snapeano e seu apelo quase irresistível, abordei as origens do herói byroniano antes mesmo de Byron. Retomemos, pois, o assunto tão fascinante de Severus Snape na literatura e por que ele atrai tanto.

Um estudioso dos heróis byronianos, Peter Thorslev Jr, fez um livro em 1962, considerado um divisor de águas sobre o assunto. Para nós, o que interessa é a definição dele do vilão gótico-byroniano arquetípico: “Um ar de mistério e enigma é o seu traço dominante, característico de seus atos. Frequentemente, esse ar é agravado pela aura de segredos pecaminosos (ui) de seu passado”.

Obviamente, a atração exercida pelos byronianos como Heathcliff de “O Morro dos Ventos Uivantes” e Rochester de “Jane Eyre” se concentra no dano emocional e psíquico que eles carregam, além, claro, do mistério que eles exercem e do enigma que eles colocam ao mundo. Não só carregam o mistério, eles mesmos são um mistério que atrai mulheres, esses seres curiosos.

Sim, eles são bad boys. Na verdade, eles são os bad boys originais. A atração está no apelo de intensidade sexual, de dominação, paixões proibidas, energia, vigor, emoções à flor da pele. Ao se depararem com o personagem, as fãs suspiram e querem ter esperança. A esperança é que ele não é uma pessoa má ou ruim, só é o mundo que não o entende. Ou ninguém lhe deu uma chance. Ou, se ele errou, não é perfeito, mas não é má pessoa. Ele pode ser salvo com um pouco de amor. E não faltam, obviamente, voluntárias para domesticar a paixão e a rebeldia desses bad boys com puro amor. Ah, o amor é lindo. Voledmort diria: “A solução favorita de Dumbledore”. Aliás, ele disse.

Fãs mais jovens enxergam exatamente essa situação em Draco Malfoy. “Ele é um bom garoto, lindo, rico e só precisa de amor”, dizem. Ahahahah! Rowling fez bem em tentar tirá-las da ilusão. Afinal, num universo em que “suas atitudes, não suas qualidades, definem quem você é”, Draco foi incapaz de ter um ato heroico e digno. Mas nem unzinho, Draco?

Nope, nada. Que pena… Nenhum Malfoy é um caso byroniano.

Pretendo continuar com este assunto. Se acharem chato, é só avisar. Tenho mais umas duas colunas engatilhadas.

Na próxima coluna: checklists sobre as características do herói byroniano

Onde estão as Snapetes?

Posted in Snapeando with tags , , , , on 12/10/2011 by Claire

Eu sei que alguns de vocês (os vários 6 leitores deste blog) têm se perguntado onde estão as Snapetes e porque esse longo delay com falta de produção.

Ou também conhecida com a famosa MOITA.

Ok, contarei o segredo… Não sei se vocês já ouviram falar do Pottermore?

Então, as Snapetes costumam frequentar sempre um local em comum.

 

Entenderam?

Bom, agora saiam da Sala de Poções e vamos resgatar o Sev da Shey.

Memórias

Posted in Fanarts, Snapeando with tags , , on 16/01/2011 by ferporcel

Talvez o último ato heróico de Severo Snape antes de perder sua vida tenha sido a ideia de contar a Harry a verdade necessária para o fim bem sucedido da guerra através de suas memórias.

Qual o valor deste ato? Alguém consegue calcular? As memórias de Snape, um guerreiro, espião em duas guerras, não tiham preço. O que este bruxo testemunhou e guardou para si, a arquitetura de duas guerras entre dois dos mais poderosos bruxos do mundo mágico. Uma vida inteira em Hogwarts, os segredos do castelo. Quase um ano como Diretor, incluído-o ao círculo dos privilegiados aos segredos que regem o castelo de Slytherin, Gryffindor, Ravenclaw e Hufflepuff.

Snape’s Pensieve by ~Wingedmaquis on deviantART

Mas nada disso teve importância no final, não é? O que contou mesmo nos últimos instantes de sua vida foram as memórias de sua infância e juventude, os atos que definiram sua personalidade, seu caráter e suas atitudes e atos. Um homem movido por um amor sem limites…

Foram essas as memórias que regeram a vida de Severo Snape. Dane-se a prudência e a estratégia de Riddle e Dumbledore.

É por isso que continuamos admirando o Sev, hoje e sempre.

Fer