Sev, please…don´t speak anymore. (Sugestões musicais – parte II)

Bom dia, boa tarde e boa noite a todas(os)!

Liberando mais uma das sugestões que recebi por comentários e msn, hoje, graças à Shey teremos mais uma lyric que nos faz lembrar de algum aspecto relacionado à vida de Severus Snape.

Desta vez a canção é especial, pois enquanto eu lia, pensava “[insira aqui a interjeição (leia-se palavra de baixo calão) de sua preferência], essa aqui tem tudo a ver!”

.
A Shey garimpou em suas memórias (sem falar na internet) e me sugeriu a música Don´t speak (No doubt), que fala mais uma vez do ponto de vista da Lily, e eu acho que só pode ser interpretada desta forma. Mas vocês só poderão concordar comigo depois de conferirem a letra e sua tradução, ambas extraídas do site http://letras.terra.com.br/no-doubt/84746/traducao.html.

Don´t speak – No doubt

You and me
We used to be together
Everyday together always
I really feel
That I’m losing my best friend
I can’t believe this could be the end
It looks as though you’re letting go
And if it’s real
Well I don’t want to know
.
Don’t speak
I know just what you’re saying
So please stop explaining
Don’t tell me ‘cause it hurts
.
Don’t speak
I know what you’re thinking
I don’t need your reasons
Don’t tell me ‘cause it hurts
.
Our memories
Well, they can be inviting
But some are altogether
Mighty frightening
As we die, both you and I
With my head in my hands
I sit and cry
.
Don’t speak
I know just what you’re saying
So please stop explaining
Don’t tell me ‘cause it hurts
No, no, no
.
Don’t speak
I know what you’re thinking
I don’t need your reasons
Don’t tell me ‘cause it hurts
.
It’s all ending
We gotta stop pretending who we are
You and me, I can see us dying
Are we?
.
Don’t speak
I know just what you’re saying
So please stop explaining
Don’t tell me ‘cause it hurts
No, no, no
.
Don’t speak
I know what you’re thinking
I don’t need your reasons
Don’t tell me ‘cause it hurts
Don’t tell me ‘cause it hurts
I know what you’re saying
So please stop explaining
.
Don’t speak, don’t speak, don’t speak
Oh I know what you’re thinking
And I don’t need your reasons
I know you’re good
I know you’re good
I know you’re real good, oh
.
Don’t, don’t, uh-huh
Hush, hush darling
Hush, hush darling
Hush, hush
Don’t tell me tell me ‘cause it hurts
.
Hush, hush darling
Hush, hush darling
Hush, hush
Don’t tell me tell me ‘cause it hurts
.
.
Não fale – No doubt
.
Você e eu
Nós costumávamos estar juntos
Todo dia juntos, sempre
Eu realmente sinto
Que estou perdendo o meu melhor amigo
Eu não posso acreditar que esse poderia ser o fim
Parece, no entanto, que você está deixando acontecer
E se isso for real
Bem, eu não quero saber
.
Não fale
Eu sei tudo o que você está dizendo
Então, por favor, pare de explicar
Não me diga porque isso magoa
.
Não fale
Eu sei o que você está pensando
Eu não preciso das suas razões
Não me diga porque isso magoa
.
Nossas memórias
Bem, elas podem ser convidativas
Mas algumas são totalmente
Poderosamente assustadoras
Enquanto nós morremos, ambos, você e eu
Com a minha cabeça nas minhas mãos
Eu sento e choro
.
Não fale
Eu sei tudo o que você está dizendo
Então, por favor, pare de explicar
Não me diga porque isso magoa
Mão, não, não
.
Não fale
Eu sei o que você está pensando
Eu não preciso das suas razões
Não me diga porque isso magoa
Está tudo acabando
Nós temos que parar de fingir quem somos
Você e eu, posso nos ver morrendo
Nós estamos?
.
Não fale
Eu sei tudo o que você está dizendo
Então, por favor, pare de explicar
Não me diga porque isso magoa
Não, não, não
.
Não fale
Eu sei o que você está pensando
Eu não preciso das suas razões
Não me diga porque isso magoa
Não me diga porque isso magoa
Eu sei o que você está dizendo
Então, por favor, pare de explicar
.
Não fale, não fale, não fale
Oh, eu sei o que você está pensando
E eu não preciso das suas razões
Eu sei que você é bom
Eu sei que você é bom
Eu sei que você realmente é bom, oh
.
Não, não, uh-huh
Quieto, quieto, querido
Quieto, quieto, querido
Quieto, quieto
.
Não me diga porque isso magoa
Quieto, quieto, querido
Quieto, quieto, querido
Quieto, quieto
Não me diga porque isso magoa
.
Gente, o Sev apareceu por aqui, deu uma espiada por cima do meu ombro no notebook, e antes que eu pudesse tomar consciência do que ele via, o pobre saiu calado e meio cabisbaixo. Vou lá consolá-lo.
.
Arte por draconiscrescendo.deviantart.com/gallery/3786598#/d182kwu.
.
Até o próximo post!
Anúncios

5 Respostas to “Sev, please…don´t speak anymore. (Sugestões musicais – parte II)”

  1. Claire Says:

    Tem mesmo tudo a ver essa música, Naara. Mas… tadiiinho do Sev.

  2. Realmente, a letra se encaixa perfeitamente *-* e eu tenho quase certeza que já conhecia essa música, agora de onde eu não sei. Amei o post *—*

  3. Tadinho do Sev. Quanta chateação. Ih puxa…

  4. Acabei de pensar em outra música… Quando o Coração da Gente se Apaixona do Daniel (sertaneja, eu sei, mas vejam a letra) 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: