Arquivo de maio, 2012

E se Snape fosse…. Sommelier

Posted in E se o Snape fosse... with tags , on 30/05/2012 by Claire

Ele chegou com as duas garrafas de vinho nas mãos e as depositou na mesinha de centro que já continha uma tábua com queijos cortados em quadradadinhos. Ela olhava em espectativa sentada no tapete ao lado da mesinha quando ele se ajoelhou e mostrou os rótulos.

– Temos aqui dois belos exemplares.

Ele desarrolhou a primeira garrafa como em um ritual. Ela podia observar as mãos ágeis pegarem as taças e servirem uma pequena quantia e lhe oferecer. Os olhos dele brilhavam para ela por de trás do líquido avermelhado.

– Todo vinho deve ser apreciado sem pressa usando cada sentido que possuímos…

Ele acariciou a lateral do rosto dela e sentou ao seu lado. Colocou a taça contra a luz do archote para mostrar o líquido.

– Primeiro, o sentido da visão, observe através do líquido, veja se ele tem resíduos, se os açúcares não se encontram cristalizados.

As cores das chamas através do líquido era ainda mais hipnotizantes, mas ela pode notar os olhos dele em seu rosto.

– Agora, o olfato, gire um pouco a sua taça, você pode ver como o líquido se adere ao cristal, formando estas lágrimas e isto mostra o quão o vinho é condensado. Quando você gira o líquido na taça o buquê se abre e você pode sentir o cheiro doce e floral.

Ele colocou o nariz quase dentro da taça e de olhos fechados puxou o ar. Após isso ele a encarou e ela mordia os lábios. E então ela tentou, e pôs se a reparar no que ele tinha falado, sobre os possíveis cheiros a serem encontrados numa pequena taça de vinho.

– A audição… – Ele inclinou seu copo para o brinde e as taças se tocaram. – E, o paladar. – Então, ele tocou a taça com os lábios e segurou o líquido na boca por um momento antes de engolir. – Segure um pouco o líquido na boca e tente distinguir as diferentes sensações, os sabores variam de acordo com a maturação do vinho, de qual barril foi armazenado, ou mesmo de alguns sabores que foram colocados com intensão.

Ela provou o líquido, deixando com que ele tocasse cada canto de sua boca. Ele a olhava em expectativa.

– Os vinhos tintos devem ser servidos à cerca de 15°C e são bem acompanhados de carnes ou massas.

– Espera, Sev, espera… – Uma sombrancelha arqueada. – Sobre os sentidos… Faltou um.

– Claro. – Ele disse. – Dizem que o tato é usado para medir se a temperatura está correta, no entanto, ele disse acariciando seu pescoço e aproximando-se de sua orelha pra dizer num sussurro. – Eu prefiro apresentá-lo de outra forma.




Vintage
by *acatnamedeaster on deviantART

OBS: Ah Sev… danadeeeeenho…

Sev, please…don´t speak anymore. (Sugestões musicais – parte II)

Posted in Canções with tags , , , , on 20/05/2012 by Naara Andrade

Bom dia, boa tarde e boa noite a todas(os)!

Liberando mais uma das sugestões que recebi por comentários e msn, hoje, graças à Shey teremos mais uma lyric que nos faz lembrar de algum aspecto relacionado à vida de Severus Snape.

Desta vez a canção é especial, pois enquanto eu lia, pensava “[insira aqui a interjeição (leia-se palavra de baixo calão) de sua preferência], essa aqui tem tudo a ver!”

.
A Shey garimpou em suas memórias (sem falar na internet) e me sugeriu a música Don´t speak (No doubt), que fala mais uma vez do ponto de vista da Lily, e eu acho que só pode ser interpretada desta forma. Mas vocês só poderão concordar comigo depois de conferirem a letra e sua tradução, ambas extraídas do site http://letras.terra.com.br/no-doubt/84746/traducao.html.

Don´t speak

Sempre

Posted in drabbles, Fanfiction with tags , , on 07/05/2012 by Claire

Era só mais uma aula de poções e a queridinha do Slughorn estava com problemas ao cortar uma semente para tirar seu sumo, tentou várias vezes, sem sucesso. O garoto sonserino que a observava aproximou-se.

– Lily, é bem simples, se você espremer a semente com o lado da sua faca, conseguirá mais sumo que o necessário.

– Sev, você é mesmo um Sabe-Tudo Irritante.

– De nada…

Ela riu de leve e testou espremer a semente.

– Funciona! É por isso que te amo, Sev! – Ela disse inocente.

– Te amo também…. Sempre. Mas vamos terminar logo esta poção…

 

Oi gente!!

Olha aí a drabble da segunda!

Este é um post em comemoração a inauguração do novo grupo de discussão, o Snape Always. Para quem usava o grupo do Snapefest, migre já para as novas masmorras.

O link é: http://br.groups.yahoo.com/group/SnapeAlways/

Esperamos todos os fãs do nosso muso lá! =)

O Sev iria passar aqui para dar uma palavrinha, mas ele ainda está jogando Battlefield. Terei que usar métodos muito persuasivos para tirá-lo de lá. (Hehehe oba!)

Beijos pra vocês, até a próxima!

Claire