Arquivo de janeiro, 2011

O piano

Posted in E se o Snape fosse..., Outros with tags , on 27/01/2011 by Claire

Essa semana eu não fui capaz de criar uma fic descente… Foi tenso demais rs. Mas ahe eu tava aqui olhando os meus links e cheguei a um que nenhuma snapete que se preze deixa de assistir esse vídeo.

— Não tem nada a ver…
— Tem sim, Sev, olha lá: Cara macilenta, ok; Nariz grande, ok; Lábios finos, ok; Dentes tortos, ok; Cabelo seboso, ok. Percebe agora?
— Ah, você então acha esse cara parecido comigo? Eu nunca usaria esse treco no ouvido.
— Chama-se retorno, que é pra ele ouvir o resultado da música mesmo cantando a plenos pulmões.
— Pra mim, retorno é uma coisa que se ganha em troca.
— Então, se e somente se eu for uma boa menina, eu vou ter um bom retorno?
— Pode ser que sim…
— Hum….

Ataque

Posted in drabbles, Fanfiction with tags , , on 17/01/2011 by Claire

O dia tornara-se noite naquela data. Os trouxas acharam que era a estação de chuva antecipando-se quando o céu se cobriu de cinza e negro.

Um ataque de Comensais aos trouxas, assassinato em massa e ele estava incluso. Severo Snape ficava atrás do grupo de Comensais que derrubavam encostas e morros enquanto a chuva caía. Ele tentava bloquear algumas maldições e salvar as pessoas que conseguia, com esforço, sem chamar a atenção do grupo à frente.

Pôde observar uma onda de tristeza quando os Dementadores chegaram para aproveitar a festa. Um ataque bem sucedido e ele não suportava mais isso.

— Que foi? — Ele perguntou a ver a cara dela.
— Hum… Não gostei.
— E por que publicou?
— Não sei também…
E então ele a abraçou.
— Ah, Sev, tanta coisa triste, né? — Claire desabafou.
— Vamos, eu vou te fazer um chocolate quente.
— Com conhaque?
Ele olhou desconfiado para ela.
— Bem, talvez um pouco.

Ok, é uma fic meio polêmica. E talvez eu não devesse publicá-la.
Mas ela nasceu assim, de uma vez só.
Beijos pra vocês
Claire

Memórias

Posted in Fanarts, Snapeando with tags , , on 16/01/2011 by ferporcel

Talvez o último ato heróico de Severo Snape antes de perder sua vida tenha sido a ideia de contar a Harry a verdade necessária para o fim bem sucedido da guerra através de suas memórias.

Qual o valor deste ato? Alguém consegue calcular? As memórias de Snape, um guerreiro, espião em duas guerras, não tiham preço. O que este bruxo testemunhou e guardou para si, a arquitetura de duas guerras entre dois dos mais poderosos bruxos do mundo mágico. Uma vida inteira em Hogwarts, os segredos do castelo. Quase um ano como Diretor, incluído-o ao círculo dos privilegiados aos segredos que regem o castelo de Slytherin, Gryffindor, Ravenclaw e Hufflepuff.

Snape’s Pensieve by ~Wingedmaquis on deviantART

Mas nada disso teve importância no final, não é? O que contou mesmo nos últimos instantes de sua vida foram as memórias de sua infância e juventude, os atos que definiram sua personalidade, seu caráter e suas atitudes e atos. Um homem movido por um amor sem limites…

Foram essas as memórias que regeram a vida de Severo Snape. Dane-se a prudência e a estratégia de Riddle e Dumbledore.

É por isso que continuamos admirando o Sev, hoje e sempre.

Fer

Liquidifiqui

Posted in drabbles, Fanfiction with tags , , , , , on 10/01/2011 by Claire

A garota ruiva pulava pela cozinha.

— Festa! Festa!

O garoto franzino de cabelos negros oleosos sorriu timidamente.

— Mamãe, é aniversário do Sev! Precisamos de uma festa!

— Lillian, o que você acha de uma vitamina para comemorar?

— Eu amo vitamina! E você, Sev?

— Eu não sei o que é.

A Senhora Evans franziu a testa pensando que só um garoto diferente como aquele garotinho era não saberia o que é vitamina.

— É simples, Sev. — Lílian pôs-se a explicar. — Você pega a fruta que mais gosta e bate no liquidificador com água, ou com leite e até pode misturar outras frutas.

— Liquidifiqui?

— Olha só quem está por aqui novamente. — Severo Snape disse em tom de perigo.
— Quem?
— Você! — Ele continuou no mesmo tom. — Sentiu minha falta?
— Vim buscar umas coisas, e só.
— Então, ok, até mais. — Ele disse já em despedida, saindo da sala, mas parou quando escutou ela continuar a conversa.
— Vi que aquela sua assistente não está aqui. Aí eu pensei, que as minhas amigas não podem ficar sem drabbles. Então, acho melhor eu ficar. – Claire disse insolente balançando a mão no ar como se espantasse mosquitos.
— Acho melhor você se comportar melhor, mocinha. — Ele disse agarrando o pulso insolente dela.
Claire o encarou por um tempo.
— Feliz aniversário, Sev! Eu senti SIM a sua falta! — E sorriu.
Então, ela pode ver o rosto de Severo Snape tomar uma cor mais branca do que a de costume.

Oi pessoal!!
E aí, como foram de festas, festejos e promessas?
Aí uma fic drabble sem final. Eu sei que muita gente não gosta de fic assim, mas eu só diz mostrar um pouco de confusão em uma cozinha trouxa.
Além disso, nunca tinha parado para pensar nos pais de Lilian. O que aconteceu com eles afinal pessoas do fandom? Como eu só li cada livro uma vez apenas talvez tenha perdido este detalhe.
Beijos pra vocês e um ótimo 2011.
=)
Claire

Aniversário

Posted in Fanarts, Snapeando with tags , , , on 09/01/2011 by ferporcel

Hoje é um dia muito especial para qualquer Snapete. Em 9 de janeiro de 1960, Severo Snape nasceu.

Nesta data tão especial para nós, fiquei pensando… Será que ele também se sente assim nesta data? Acho pouco provável. Aí surgiu a dúvida… Será que foi sempre assim? Qual seria o aniversário mais feliz que ele já teve?

Essa pergunta foi surpreendentemente fácil de responder. Só pode ter sido quando ele completou 11 anos!

Se alguém ainda não ligou a idade à fonte de felicidade, eis uma ilustração da data…

The Letter from Hogwarts by *greeneyes-17 on deviantART

Gente, é claro que o Sev ficou muuuuuito feliz em receber sua carta de Hogwarts! Ele era, finalmente e oficialmente, um bruxo, e logo estaria deixando sua casa para aprender magia em um castelo bem longe dali, onde seu coraçãozinho depositava todas as suas esperanças e seus sonhos.

Isso nunca dá certo, não é? Digo, depositar tudo num único evento de que não se tem o menor controle é furada, mas crianças, especialmente aquelas como o menino Sev, não têm a menor chance de saber disso. Decepção na certa, infelizmente. São esses tipos de decepções ou a negação delas que transformam e constroem caráter.

Sev, independente do que aconteceu na sua infância antes ou depois de seu aniversário de 11 anos, nós continuamos com você, até o fim dos dias, e queremos comemorar este dia por muitos e muitos anos, décadas, séculos, milênios… para sempre. Feliz aniversário!

Fer

Severus e o novo ano

Posted in Sem categoria with tags , on 02/01/2011 by magalud

Pedindo excusas pela ausência desta coluna devido à loucura de trabalho, retornamos a falar de Severus Snape, hoje com  o tema Ano-novo.

É tradicional que, ao fim do ano, as pessoas façam um balanço do ano que passou e reflitam sobre o que querem do ano que virá. Daí surgem as famosas (e temidas) resoluções de Ano-novo.

Continue lendo

Guia

Posted in Fanarts, Snapeando with tags , , , on 02/01/2011 by ferporcel

Olá, fãs de Snape! Feliz Ano Novo! Que em 2011 possamos homenagear ainda mais o nosso querido Sev. ❤

Larguei vocês no ano passado com o Patrono do Sev, e está na hora de vê-lo em ação. É isso mesmo! Continuamos falando da Operação Espada! (Sempre que escrevo isso, escapa uma risadinha. *g*)

PASSO 3: O Guia

No check-list do Sev, já temos assinalados “Esconder a espada em um lugar difícil de pegar” e “Modo de levar o Potter até a espada”. Agora é a hora de colocar o plano em ação e ver se ele funciona. Aqui surgem várias dúvidas em quem enxerga além do que J. K. Rowling escreveu.

Para mim, não narrado pelas palavras da autora (só para variar), estava o Sev, acompanhando na surdina o desenrolar de tudo. Ficou na espreita para ter certeza que o cabeça-oca conseguiria resgatar a espada sem morrer tentando.

The Silver Doe by *Kyla79 on deviantART

Para quem já viu o filme que conta essa passagem, pode ter reparado que Severo pede bem baixinho pelo Patrono que Harry confie nele. Existia sim uma possibilidade considerável de que o plano falhasse.

Mas deu (quase) tudo certo, se não levarmos em conta a burrice do Harry ao pular no lago com o medalhão no pescoço, não é?

Aliás, será que o Sev teria pulado no lago atrás dele se o Rony não tivesse aparecido?

Ha! Pegadinha do Malandro! É claro que ele teria pulado! Esse é o meu Sev! Sempre pronto para os atos heroicos!

Fer